A Expedição Aguaí é um plano de ação criado com o objetivo de levantar dados sobre a diversidade de vida da Reserva Biológica do Aguaí, com vistas a propor soluções para os problemas ambientais existentes na área protegida.

O encontro de fotógrafos da Natureza - Photo Aguaí tem como objetivo promover a conservação da natureza através da imagem.


O Wiediistock é um Festival Musical idealizado pelo Instituto Felinos do Aguaí para angariar recursos para o Programa de Pesquisa. O nome do festival foi inspirado no Leopardus wiedii, um felino silvestre de pequeno porte ameaçado de extinção.

Em 2019 foi realizado pelo ICMBio/CENAP o Plano de Ação Nacional para Conservação de Pequenos Felinos Ameaçados de Extinção.  Um dos objetivos específicos que contemplam a matriz de planejamento inclui os Dimensionamentos e mitigações de impactos decorrentes dos atropelamentos.

 
 


 


A missão do Instituto Felinos do Aguaí é pesquisar para educar. Todas as informações obtidas através da pesquisa são revertidas em dados que fomentam o Programa de Educação Ambiental. As atividades oferecidas pelo Programa de Educação Ambiental englobam palestras, realização de eventos em datas ecológicas, produção e divulgação de materiais educativos, projetos educacionais, cursos, trilhas interpretativas e visitação ao Centro de Educação Ambiental.

Materiais Educativos:

O uso do áudiovisual nas escolas tornou-se um importante instrumento para produzir e socializar conhecimento. É uma iniciativa que aproxima o teleespectador ao interior da Reserva do Aguaí. 

 

 

O Livro Reserva Biológica Estadual do Aguaí foi criado com o objetivo de divulgar um material educativo que retratasse a importância que a Reserva Biológica Estadual do Aguaí tem para a população da região sul de Santa Catarina.


Aventuras no Aguaí faz parte de uma série de histórias em quadrinhos (HQs) que serão utilizados como um recurso de aprendizagem para contextualizar as crianças no ambiente da Reserva Biológica do Aguaí, seus animais e suas características.


O pôster educativo foi elaborado com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre os mamíferos terrestres que vivem na REBIO Aguaí. Essa publicação foi fruto dos resultados das pesquisas de campo que registraram ao longo dos anos a presença de diferentes grupos animais.